PHP Code Standards: Seguindo padrões com PHP

Quer saber mais sobre como melhorar a padronização de projetos com PHP? O guia “PHP Code Standards” é uma ótima referência para o desenvolvimento dos seus projetos, seguindo uma padronização de código.

Trabalho em equipe com PHP Code Standards

O trabalho em equipe compreende que devem ser considerados os elementos padrão de codificação necessários para assegurar um elevado nível de legibilidade entre o código PHP compartilhado entre vários desenvolvedores.

Simplicidade e clareza alcançada por codificação consistente poupa a equipe de erros comuns.

Facilidade na Manutenção do código

Se você precisar revisar um trecho de código em algum momento, será fácil entender sua lógica e objetivo. Por esse motivo, toda a equipe deve ser um guia padronizado no desenvolvimento do projeto.

É comum projetos começarem sem uma padronização e em determinado momento, trechos de códigos serem refeitos, por ser mais econômico reescrever do que realizar manutenção.

Nomenclatura de Classes, funções, arquivos, tudo!

Tudo no código deve seguir uma padronização. Procure estabelecer como será o padrão de nomes das variáveis, dos métodos, das classes, dos arquivos, padrão de escrita do arquivo, UTF-8 sem BOM, métodos em português ou inglês… tudo deve ser definido antes de iniciar o projeto.

Referências

Separamos uma lista com links de referências para você estudar mais sobre PHP Code Standards.

Antes de iniciar um projeto usando algum framework open-source, pesquise se ele não disponibiliza um documento de code standards. Frameworks e plataformas como CodeIgniter, Zend, Magento e WordPress tem os próprios guias de estilo.

Download PHP Code Standards PDF

No PDF para download você terá um guia para escrever um código organizado, bem estruturado e documentado. Melhorando visibilidade e facilitando futuras manutenções e implementações.

Download PDF

Dúvidas? Deixe um comentário!

 

short_open_tag no PHP, evitando erros

Olá Pessoas!

Como meu primeiro post aqui, quero falar sobre Short Tags!

Como todos devem saber as Short Tags estão em DEPRECATED no PHP 5.3.x.

A diretiva (short_open_tag) estão lá no php.ini, mas setadas como Off!

Caso precise trabalhar num projeto que utilize-as, há duas opções:

  1. Ativar a diretiva (short_open_tag=On), e reiniciar o apache. (Não recomendado, pois alguns servidores compartilhados: a) Já estão atualizando a versão do PHP; b) Nem todos os servidores tem a possibilidade de colocar um php.ini na raiz do site e pronto, tá rodando; c) Mesmo pedindo para ativarem, podem negar, pois como se trata de uma hospedagem compartilhada, não se sabe qual o impacto nos outros sites).
  2. Varrer arquivos do projeto pesquisando pelas short tags (<?) e substituindo pela tag padrão (<?php).

Para essa segunda opção deve ser feita a pesquisa utilizando a seguinte expressão regular <\?(?!php)(\s|\n|\t) e substituir por <?php.

Mas tome cuidado, tem também a shot tag para echo (<?=), cujo recomendo rodar antes, substituindo pelo padrão (<?php echo).

Outra dica que dou é não automatize a substituição, rode a pesquisa sem substituir e veja se realmente é necessário fazer a substituição!

O padrão de desenvolvimento MVC no PHP

MVC é sigla para Model-View-Controller.

É um padrão de arquitetura de software, que permite separar o desenvolvimento em camadas, tornando a manutenção da lógica de negócio (Controller) e lógica de apresentação (View) e lados isolados.

Hoje é um dos padrões mais usado, sendo possível a utilização em diversas linguagens de programação com suporte a Orientação a Objetos.

Para melhor explicar como funciona o MVC, precisamos entender os componentes:

No controller irão ocorrer todas as regras de negócio, e também deverá receber todas as requisições de browser ( $_GET, $_POST, $_REQUEST… ).

No Model é onde ocorre o acesso a dados. Esses dados podem estar armazenados em XML, JSON, Banco de Dados e outros modelos de persistencia de dados.

A camada de visualização (View) é onde irá ocorrer o tratamento da informação para exibição na tela. Esse tratamento pode ser através de comandos PHP ou utilizando uma engine de template. Isso irá depender do framework utilizado.

Saiba mais sobre MVC estudando nos links abaixo: