String Length: Descubra o tamanho de uma string com strlen

Está procurando sobre string length? Então, você está no lugar certo. Neste artigo vou falar um pouco sobre como descobrir o tamanho de um string no PHP utilizando a função strlen.

Definição da função strlen

strlen ( $string )

A função strlen irá retornar o total de caracteres, incluindo espaços, que existem no parâmetro de entrada.

Essa função é muito utilizada para comparação de tamanhos ou verificar se foi passado algum valor para um determinado parâmetro.

Veja os exemplos abaixo de string length com strlen

No exemplo abaixo vamos utilizar a função strlen para verificar se o parâmetro existe ou foi definido.

if(strlen($input) == 0)
      die('A variável $input não pode ser vazia');

No próximo exemplo, vamos retornar o tamanho total da string inserida na função strlen.

echo strlen('Qual o tamanho dessa string?'); // irá retornar o inteiro 28

Substr PHP: 3 dicas de como utilizar essa função

Está procurando sobre substr php? Então, você está no lugar certo. Neste artigo vou falar um pouco sobre o que como utilizar substr no PHP.

A função substr é responsável por retornar um pedaço de uma string, conforme parâmetros desejados.

string substr ( $string , $inicio, $tamanho )

Para começar, precisamos entender o funcionamento da função, que é presente em diversas linguagens de programação, como javascript, C, java e outras.

O primeiro parâmetro é a string que desejamos cortar e pegar somente um trecho. O segundo parâmetro é a partir de qual caracter dessa string, vamos retornar. E o terceiro, é o tamanho máximo a retornar a partir da definição de inicio.

Assim, vamos aos exemplos de uso abaixo.

Retornar os 5 últimos caracteres com substr php

Para retornar os últimos 5 caracteres de uma palavra, vamos definir conforme o exemplo abaixo:

$string = 'Paralelepípedo';

echo substr($string, -5)

// retorno será "ípedo";

Lembre-se, é possível usar o número negativo no parâmetro que irá contar o inicio do corte da string, assim irá contar do final para o inicio da string.

Retornar os 3 primeiros caracteres

Digamos que queremos retornar apenas os 3 primeiros caracteres, por exemplo, dos meses do ano. Veja o exemplo abaixo:

$mes = 'Janeiro';

echo substr($mes, 3);

// retorno será 'Jan';

Retornando a partir do 3 caracter, limitado a 5

Agora vamos utilizar a função substr do php para retornar a partir de um determinado caracter, mas com limitador de tamanho da string.

$exemplo = 'Descrição de um evento';

echo substr($exemplo, 3, 5);

// retorno será 'criçã';

Combinando o uso de substr com strpos

A função strpos, que é responsavél por trazer posição que uma setença acontece dentro de um texto, pode ser combinada com a substr para retornar somente determinado conteúdo.

No exemplo abaixo, queremos retornar apenas o dominio do e-mail, removendo o identificado do usuário.

$email = '[email protected]';

echo substr($email, strpos($email, "@")); 

// irá retornar @dicasdephp.com.br
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (33 votos, média: 4,61 de 5)
Loading...

Como Converter Array para String

Está procurando sobre como converter array para string? Então, você está no lugar certo. Neste artigo vou falar um pouco sobre como converter array em string. Se ao concluir a leitura você ficar com qualquer dúvida, deixe um comentário no final do artigo para ajudarmos você sobre array e string.

Como Converter Array para String

Para fazer esse tipo de conversão no PHP é extremamente simples. Você pode usar a própria função chamada “implode” do PHP. O que irá fazer é juntar elementos de array em uma string.

Como usar a função implode do PHP

Para usar a função implode do PHP, vai ser necessário você ter um array e escolher qual será o elemento para juntar os ítens do array. Veja exemplo abaixo:

Definição da função implode

string implode ( string $glue , array $pieces )

Aplicando a função implode

<?php

$informacoes = array('nome', 'email', 'telefone');
$string = implode(",", $informacoes);

echo $string; // será escrito "nome,email,telefone"

Onde aplicar array para string

Bem, fica a critério de você imaginar todos os lugares que poderá usar. Deixamos 2 exemplos abaixo de como usar a função implode do PHP.

Exemplo 1

Vamos criar um arquivo .csv a partir de um array? Veja o exemplo abaixo:

<?php

// criando array dos csv;
$csv = array();

// cabeçalho do csv;
$csv[] = array('nome_completo', 'telefone', 'email');

// dados de clientes
$csv[] = array('Paulo', '(51) 9083-4400', '[email protected]');
$csv[] = array('Ivo Holanda', '(47) 4400-9083', '[email protected]');

foreach($csv as $row){
    echo implode(",", $row)."\n";
}

Exemplo 2

Quer criar uma lista html a partir de um array? Veja como é possível e fácil no exemplo abaixo:

<?php

$lista = array('uva', 'laranja', 'maça');

echo "<ul><li>" . implode("</li><li>", $lista) . "</li></ul>";

Gostou? Ficou com dúvidas? Acha que essa explicação precisa de melhoria? Deixe um comentário abaixo que sua opnião é bem vinda!

Como validar formulário em PHP?

Cedo ou tarde todo programador vai ter que validar formulário em PHP. Existem algumas práticas que tornam essa tarefa mais simples.

O ideal é sempre você utilizar algum framework que possa prover segurança na validação dos dados. Caso você esteja programando um script diretamente, segue 3 dicas de como validar com eficiência um formulário em PHP.

Validando o POST

Uma prática muito comum é acessar diretamente um índice de $_POST sem validar sua existência. Em alguns ambiente, isso pode funcionar sem problemas. Mas, caso não esteja configurado corretamente, pode apresentar erros que deixem o sistema inoperante.

<?php

// prática não recomendada;
$nome = $_POST['nome'];

Validar formulário com função isset()

A função isset do PHP serve exatamente para validar se existe o índice no $_POST. Veja um exemplo abaixo de como utilizar a função.

<?php

if(isset($_POST['nome']))
   $nome = $_POST['nome'];

Dessa maneira, primeiro você irá verificar a existência do índice no array $_POST, para depois associar na variável.

filter_var

Com a função filter_var do PHP é possível fazer uma validação de dados. Esse tipo de validação é importante, caso queira que o $_POST receba um e-mail, por exemplo. Veja o exemplo abaixo:

<?php

if(filter_var('[email protected]', FILTER_VALIDATE_EMAIL))
 echo "É um e-mail válido!";
else
 echo "Ops! Não é um e-mail válido.";

Tem alguma outra dúvida? Deixe um comentário abaixo!

ignore_user_abort – Script PHP assíncrono

Hoje vamos falar de script PHP assíncrono usando ignore_user_abort!

Algumas vezes precisamos fazer alguns scripts que irão rodar em background. Um exemplo seria, o envio em massa de emails.

Porém, esse processo pode ser um pouco lento, e o ideal é não deixar o usuário esperando o retorno do sistema, após concluir o envio de 1.000, 2.000 ou seja lá o tamanho da base de e-mails.

Diferença entre Script e Compilado

O PHP é uma linguagem desenvolvida em scripts. Ou seja, a cada requisição, todas as instruções são lidas e executadas, em forma de script.

No caso de um site ou sistema web, a cada transação, mudança de página ou requisição, o PHP encerra a execução do script, mesmo sendo um ajax.

Usando a função ignore_user_abort

Para contornar esse detalhe do PHP, existe a função nativa do PHP ignore_user_abort.

Ela poderá receber um parâmetro booleano, não obrigatório, caso o parâmetro não for informado, retornará a situação atual da função.

Para o funcionamento da função, ela deve ser chamada no início do script PHP. A função torna a execução do script assíncrono, ou seja, ele irá executar as informações enquanto o servidor php estiver online.

ignore_user_abort(1); // Execute o script em background, de forma continua
set_time_limit(0); // executando de timeout o script, use com cuidado...
$interval = 60 * 15; //O intervalo que o script terá para executar, a cada 15 minutos
do{
// add the script that has to be ran every 15 minutes here
// ...
sleep($interval); // wait 15 minutes
}while(true);

Referência: php.net